Fim da venda dos sacos de plástico

picture

Fomos o 1.º supermercado a acabar com a venda de sacos de plástico para o transporte de compras, reforçando o nosso compromisso de redução em pelo menos 20% do consumo de plástico em embalagens de marca própria até 2025.

Comprometido em reduzir em 20% a utilização de plástico até ao ano de 2025, começámos 2020 sem sacos de plástico para transporte de compras. A operação, iniciada de forma faseada em maio de 2019, está agora concluída e entramos neste novo ano sem sacos de plástico nas nossas 256 lojas em território nacional, de Norte a Sul do país – o que significa uma eliminação de cerca de 25 milhões de sacos de plástico em Portugal anualmente.

Como alternativa aos sacos de plástico, e com o objetivo de sensibilizar para a reutilização, disponibilizamos, para transporte de compras, sacos de ráfia com 60% de material reciclado, ou, no caso das frutas e legumes, sacos reutilizáveis, laváveis e 100% recicláveis, com duas unidades, capazes de suportar um peso até 5Kg – para além destas opções, os clientes podem igualmente optar por sacos de papel em dois tamanhos, médio e grande, com 60% a 70% de pasta de papel reciclada na sua composição e certificação FSC Misto (embalagens provenientes de fontes responsáveis).