Todos os dias, milhões de pessoas, em todo o mundo, estão envolvidas na produção de alimentos e mercadorias vendidas nas prateleiras de inúmeros retalhistas alimentares, como o Lidl.

Assim como os governos, as empresas também são responsáveis ​​por garantir que os direitos humanos são respeitados nas suas cadeias de suprimentos globais como um requisito não negociável, e que esse respeito pelos direitos humanos deve ser colocado em prática nas suas relações comerciais diretas. É por isso que nós, Lidl, estamos de mãos dadas com nossos parceiros de negócios para assegurar o nosso compromisso com os direitos humanos em todas as fases da nossa cadeia de valor.

Respeitar e proteger esses direitos fundamentais faz parte de nossa responsabilidade corporativa. Nesses esforços, somos guiados pelos princípios estabelecidos em estruturas válidas internacionalmente, como a Declaração Universal dos Direitos Humanos das Nações Unidas, os Princípios Orientadores das Nações Unidas sobre Negócios e Direitos Humanos e a Declaração da Organização Internacional do Trabalho (OIT) sobre os Princípios e Direitos Fundamentais no trabalho.

Como acreditamos que o nosso sucesso corporativo depende de tratarmos todos de maneira justa, a responsabilidade pelos direitos humanos e pela sociedade é um componente sólido nos nossos princípios corporativos do Lidl.

Como parte do Grupo Schwarz, o Lidl Portugal está comprometido com a defesa dos direitos humanos. Poderá descarregar a Declaração de Política que se aplica a todo o Grupo Schwarz aqui: